Entenda o que é a síndrome de Ramsay Hunt, que deixou o rosto de Justin Bieber paralisado

Compartilhe!

Os fãs de Justin Bieber se desesperaram ao descobrir que o cantor canadense teve de cancelar shows por causa de problemas de saúde. Alguns reclamaram bastante, e o astro pop foi às redes sociais para contar que estava com a síndrome de Ramsay Hunt e que parte do seu rosto ficou paralisada.

Ele explicou: “[Para] quem está frustrado por eu ter cancelado os próximos shows, [informo que] estou fisicamente incapaz de fazê-los. Isso é bem sério, como podem ver. Queria que não fosse o caso, mas meu corpo está pedindo para eu desacelerar. Espero que entendam que estou usando esse tempo para descansar, relaxar e me recuperar 100% para fazer o que eu nasci para fazer”.

A síndrome é uma doença viral causada pelo mesmo patógeno que provoca a catapora. Segundo o infectologista Luiz Otávio da Fonseca, da Paraná Clínicas, a doença “é o resultado da reativação da infecção latente pelo vírus Varicela-zoster“.

O indivíduo em algum momento da vida já teve contato com o vírus da catapora, e depois de um tempo ele reaparece e causa o herpes-zóster ou a síndrome de Ramsay Hunt, que é mais rara.

Os sintomas da enfermidade de Bieber são vesículas na pele na região da orelha, dor, inchaço e vermelhidão no pescoço ou próximo do ouvido e paralisia facial.

“Ocorre o comprometimento do nervo facial, ocasionando paralisia facial e lagoftalmo, que é a incapacidade de fechar o olho do mesmo lado das lesões”, diz Fonseca.

Bieber contou aos seguidores que estava passando por esse problema: “Percebam que esse olho não está piscando. Não consigo sorrir deste lado do meu rosto. Esta narina não consegue mover”.

Os infectados também podem ter zumbido no ouvido, tontura, lacrimejamento nos olhos e alterações auditivas e do paladar. Os sintomas duram algumas semanas, e a doença pode deixar sequelas.

“As sequelas podem ser reversíveis ou irreversíveis, a depender do caso. Geralmente, sessões de fisioterapia podem ser auxiliares no tratamento e na recuperação”, orienta o infectologista.

Além da fisioterapia, o tratamento pode ser feito por meio de medicamentos antivirais e corticoides, que são considerados os remédios mais fortes disponíveis para reduzir a inflamação no corpo.

A transmissão entre as pessoas só acontece entre uma que está infectada e outra que nunca teve contato com o vírus da varicela. “Como a maioria das pessoas têm contato com o vírus ainda na infância, seja por infecção ou pela vacinação, em geral já há imunidade estabelecida na vida adulta”, conclui o médico.

Confira Mais Postagens

Onda silenciosa de Covid-19 põe idosos e crianças em risco

O Brasil pode estar em meio a uma quarta onda silenciosa de Covid-19. E há …

Leia Mais →

Entenda o que é a síndrome de Ramsay Hunt, que deixou o rosto de Justin Bieber paralisado

Os fãs de Justin Bieber se desesperaram ao descobrir que o cantor canadense teve de cancelar shows …

Leia Mais →

Covid-19: Saúde ensina a população como manusear e higienizar as máscaras

“A utilização de máscaras em conjunto com as medidas de prevenção comunitária como por exemplo, …

Leia Mais →

Covid-19: como o vírus saltou de morcegos para humanos

Mudanças climáticas, intervenção humana em áreas preservadas, caça e tráfico de animais silvestres e má …

Leia Mais →
× Agendar Consulta